IV Caminhada - Faxinal Papanduva de Baixo

Prudentopolis - PR - Brasil

EVENTO CANCELADO:
  • Chuvas intensas na região
  • IMG 2444.jpgIMG 2444.jpg
  • c2d72144-60ac-4cd7-8062-aacb2a240423.jpegc2d72144-60ac-4cd7-8062-aacb2a240423.jpeg
  • IMG 2438.jpgIMG 2438.jpg
  • IMG 2443.jpgIMG 2443.jpg
  • IMG 2411.jpgIMG 2411.jpg
Faça sua Inscrição

Informação do Evento:

  • De: 21-10-2018
  • 07:00 - 14:00
  • Prudentopolis - PR - Brasil
  • Distância: 12 Kms (exatos 12.000 mts)
  • Saída : Igreja Ucraniana São João Batista - Faxinal Papanduva de Baixo
  • 41 inscritos
  • Num. Anda Brasil : 2165
  • Idade Mínima: Não Tem
  • Não Possuímos a Avaliação Anterior
  • Esforço físico : Esforço significativo
  • Orientação do percurso : Caminho ou sinalização que indica a continuidade
  • Severidade do meio : Moderadamente severo
  • Condição do terreno : Percurso com piso irregular

AVISOS :

- Inscrições Gratuitas

- Café da manhã e almoço serão pagos diretamente para comunidade local.

- A concentração será à partir das 06h em frente ao Centro de Informações Turísticas de Prudentópolis.

- Saída dos transportes às 07h pontualmente.

- Haverá transporte gratuito para os participantes que confirmarem no ato da inscrição.

- Transportes vindo de outras cidades deverão ir diretamente ao local do evento - Faxinal Papanduva de Baixo.

- Trajeto todo sinalizado desde a cidade até o Faxinal, apoio durante todo evento (Ambulância, Segurança, Pontos de Hidratação, etc.)

- Pagamento de Refeições e demais atividades no local será aceito somente dinheiro em espécie.

-  A volta será feita após o almoço conforme os veículos de transportes sejam totalmente ocupados.

CUIDADOS IMPORTANTES
Alonga-se ! O alongamento é necessário antes da caminhada e também depois da caminhada, tanto os membros inferiores quanto os superiores. Isso pode evitar lesões.
Hidrate seu corpo !Beba bastante água para hidratar. pode beber antes, durante e depois da caminhada.
Não coma muito ! Não coma muito antes de caminhar por que pode dar uma sensação de mal-estar e, até mesmo, prejudicar o exercício físico, trazendo outras complicações.
Mantenha a postura adequada ! E importante permanecer ereto, olhando para frente e com o abdome contraído.
Use tênis e roupas adequadas.

  • Responsável :Cristiane Guimaraes, Oksana Jadvizak, José Basílio Salomão
  • 042-3446-3946
  • turismo@prudentopolis.pr.gov.br

PRUDENTÓPOLIS “TERRA DAS CACHOEIRAS GIGANTES”

HISTÓRICO

Até a segunda metade do século XIX o município de Guarapuava era a maior unidade administrativa do Paraná. Seu vasto território se estendia desde o rios dos Patos, na divisa com o município de Imbituva, até os rios Iguaçu e Paraná, na fronteira do Brasil com as repúblicas da Argentina e do Paraguai.

O Barão de Capanema, então diretor do Telégrafo Nacional, procurou instalar uma linha telegráfica na região celebrando para isto um contrato com o governo da província do Paraná, afim de que este mandasse abrir um caminho para Guarapuava acompanhando os postes da linha telegráfica, correndo metade das despesas por conta dos cofres da província. Até a época da abertura da linha telegráfica a área compreendida entre o rio do Patos e a Serra da Esperança era praticamente desabitada.

Em 1882, desde que o projeto da construção da estrada oferecia perspectivas de valorização das terras, começou a afluir gente à localidade, que, segundo consta, foi anteriormente habitada por selvagens pertencentes às tribos dos coroados, hoje totalmente desaparecidos.

A seis quilômetros do rio dos Patos, Firmo Mendes de Queiroz, descendente de bandeirantes paulistas, construiu uma casa e tentou a agricultura. Pela sua propriedade deveria passar a linha telegráfica e, consequentemente, a estrada para Guarapuava. Em 1884 o Pároco de Guarapuava convenceu Firmo Mendes de Queiroz a mandar construir uma capela consagrada a São João Batista. Nesse mesmo ano, Firmo de Queiroz doou duas terras, para que nelas fosse construída uma povoação, à qual deu o nome de São João do Capanema, em homenagem ao Santo Padroeiro e ao Barão de Capanema, de quem o fundador era grande amigo.

Em pouco tempo a povoação foi-se transformando e aumentando com a chegada de famílias de diversas procedências, construindo-se a "Vilinha", como passou a denominar-se entre os moradores da região.

Em fins de 1894 o Governo Federal resolveu colonizar a região de São João do Capanema, cujas terras foram doadas pelo Governo do Estado para esse fim. O Dr. Cândido Ferreira de Abreu, Diretor da Colônia, resolveu denominar de Prudentópolis a colônia recém fundada, em homenagem ao então Presidente da República, Dr. Prudente José de Morais Barros, fazendo desaparecer a antiga designação de São João do Capanema.

A "Vilinha", então, como sede de colônia, tomou grande impulso. E já em 1895 apresentava aspecto de povoação próspera e progressista, com ruas bem traçadas e grande movimento de colonos.

Foi por essa época que chegou ao Brasil a primeira leva de colonos imigrantes ucranianos, o quais manifestaram ao Governo Federal o desejo de se estabelecerem nas terras do Paraná, sendo registrado em 1896 a imigração de 1500 famílias, aproximadamente 8 mil pessoas para Prudentópolis.

O processo de imigração ucraniana para Prudentópolis continuou até meados da década de 20, porém decrescente em ritmo e número de famílias. Isto fez com que Prudentópolis se tornasse o município brasileiro que mais imigrantes ucranianos recebeu. Outros imigrantes também se estabeleceram na região e foram importantes para o processo de colonização de Prudentópolis, entre eles destacam-se os poloneses, alemães e italianos.

Para maior facilidade de administração, e, diante do elevado número de imigrantes localizados ali, a colônia de Prudentópolis foi dividida nos seguintes núcleos: Ivaí, Piraí, Maurice Faivre, Inspetor Carvalho, Esperança, Santos Andrade, Sete de Setembro, Tiradentes, Dr. Vicente Machado, Rio Preto, Quinze de Novembro, Visconde de Guarapuava, Coronel Bormann, Luiz Xavier, Vinte e Cinco de Outubro, União, Olinto, Eduardo Chaves, Capanema, Carlos Gomes, Sertório, Cláudio Guimarães, Vinte e Três de Abril, Iguaçu, Ronda e Mirim.

Pelo Decreto n.º 225, de 15 de dezembro de 1903, foi criada uma Agência Fiscal em Prudentópolis, compreendendo todo o distrito policial do mesmo nome. Mas, o seu contínuo desenvolvimento, verificado em todos os setores de sua atividade, reclamava uma organização político-adminstrativa de acordo com as suas necessidades.

Com o estabelecimento dos colonos imigrantes, a administração da colônia havia dado por concluída a sua tarefa. Dedicados à agricultura , à pecuária e à pequena indústria, esses colonos representavam fator de grande progresso para a colônia, que prosperava extraordinariamente.

Finalmente, através da Lei Estadual n.º 615, de 5 de março de 1906, , foi criado o município de Prudentópolis e instalado em 12 de agosto do mesmo ano, foi desmembrado de Guarapuava. O decreto n.º 242, de 14 de junho do mesmo ano, designou o dia 8 de julho para a realização das eleições municipais.

A 20 de agosto daquele ano efetuou-se a instalação oficial do município, empossando-se as primeiras autoridades municipais. Pela Lei n.º 2614, de 14 de março de 1929, Prudentópolis recebeu foros de cidade, sendo, ao mesmo tempo criada a comarca de mesmo nome.

As informações citadas aqui foram obitidas no http://pt.wikipedia.org/wiki/Prudent%C3%B3polis.



Booking.com

ELITE PALACE HOTEL

Localizado em área residencial perto do centro de Prudentópolis, o Elite Palace Hotel oferece conforto, tranqüilidade, bem-estar e excelência em atendimento com estrutura e serviços diferenciados, pro ...

OZERA HOTEL FAZENDA

Área de Convivência (Lobby, Quiosque, Etc), Atividades Físicas Orientadas (Por Exemplo: Yoga, Caminhadas, Alongamento, Pilates, Ginástica, Hidroginástica Etc.), Banheiros Sociais em Áreas Comuns, Bar, ...
Ainda não possuimos informações cadastradas sobre as Propriedades Rurais nesta Cidade que estarão neste Evento.

Ad Ad Ad
Aguarde o Gráfico...